SETEMBRO AMARELO: mês da prevenção ao suicídio De acordo com dados da OMS de janeiro de 2018, cerca de 800.000 pessoas cometem suicídio por ano, sendo a segunda maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos. No Brasil, aproximadamente 11 mil pessoas tiram a própria vida a cada ano, sendo a quarta maior causa de morte entre os jovens de 15 a 29 anos. Diante disso, o Centro de Valorização a Vida (CVV), o (CFM Conselho Federal de Medicina) e a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) deram início ao "Setembro Amarelo", uma iniciativa que tem o intuito de discutir o suicídio e prevenir esse problema de saúde pública no pais. Ainda tratado como um tabu, o suicídio tem diversas motivações e geralmente está relacionado à dificuldade da pessoa em lidar com as perdas, sejam elas de um ente querido, de um membro corporal (amputação), de um emprego, dentre outras. Ao contrário do que muitos pensam, a pessoa que tem intenção de tirar a própria vida apresenta sim alguns sinais de alerta, como preocupação com a própria morte, falta de esperança, isolamento e falas repetidas sobre o desinteresse pela vida. Se você ou alguém que você conheça apresente algum desses sintomas, procure ajuda nos serviços de saúde (CAPS e Unidades Básicas de Saúde) e de emergência (SAMU 192, UPA, Pronto Socorro e Hospitais) ou no CVV (pelo telefone 188 ou pelo site https://www.cvv.org.br/). Referências http://www.who.int/en/news-room/fact-sheets/detail/suicide https://www.cvv.org.br/postos-de-atendimento/ http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2017/setembro/20/folheto-Suicidio-Publico-Gera.pdf http://www.setembroamarelo.org.br/